Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
EN PT

 ‭(Oculto)‬ Doutoramento em Ciências da Saúde


O Doutoramento em Ciências da Saúde (PhDCS) tem como objetivo formar doutores em ciências da saúde, capazes de desenvolver investigação biomédica de forma autónoma, tanto em ambiente académico como em ambiente empresarial e em instituições prestadoras de cuidados de saúde. É direcionado a mestres nas várias áreas das ciências, biomedicina, bioengenharia e tecnologias da saúde.

O PhDCS é um programa de espectro alargado, caracterizado por uma flexibilidade curricular que permite capitalizar não só a formação anterior dos estudantes como os percursos diversificados de especialização na área biomédica em que pretendam enveredar. Os projetos de investigação desenvolvem-se com incidência particular, mas não restrita, nas áreas dos domínios de investigação do Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde: Ciências Cirúrgicas, Neurociências e Microbiologia e Infeção.
O PhDCS está aberto em permanência, de acordo com o estabelecido em Acesso.

 
O PhDCS oferece dois planos de estudos, um de três anos (180 ECTS) e outro de quatro anos (240 ECTS). Os dois planos de estudos incluem uma unidade curricular comum, que corresponde à elaboração do projeto de tese (15 ECTS) e que tem lugar no primeiro ano. No caso do plano de estudos de 180 ECTS, os restantes ECTS (165) são totalmente dedicados à realização do projeto de tese (165 ECTS). No plano de estudos de 240 ECTS, os restantes 225 ECTS são dedicados a unidades curriculares opcionais que podem ser selecionados de uma vasta gama de oferta formativa no total de 45 ECTS e à tese (180 ECTS), a desenvolver durante os 4 anos de plano de estudos.

Os estudantes geralmente ingressam no Doutoramento em Ciências da Saúde com bolsas de doutoramento obtidas competitivamente junto de agências financiadoras nacionais ou internacionais. Há duas formas de obter bolsas para este programa de doutoramento: 1) através de bolsas individuais, em concursos para várias agências nacionais (frequentemente a Fundação para a Ciência e Tecnologia) e internacionais (frequentemente no âmbito de programas Marie Curie); 2) através de pacotes de bolsas atribuídas a percursos específicos do programa de doutoramento. Tal é o caso dos percursos específicos do Doutoramento em Ciências da Saúde em ambiente empresarial [Ciências da Saúde Aplicadas (PhDiHES), de 240 ECTS] ao qual foi atribuído financiamento específico, que  inclui bolsas, para o período compreendido entre 2015-2022 (admissões nos anos letivos 2015/2016, 2016/2017, 2017/2018 e 2018/2019), e em Terapias Avançadas para a Saúde [(PhDPATH), de 240 ECTS (para mais informações sobre este percurso consultar http://path.3bs.uminho.pt/).
A candidatura a estas bolsas obedece aos requisitos especificados anualmente em edital próprio, tal como pode ser consultado em Acesso.

O Programa de Doutoramento FCT em Ciências da Saúde Aplicadas (PhDiHES) decorre em parceria com várias empresas:

- EUROTRIALS, Consultores Científicos, S.A.
- BNML, Behavioral and Molecular Lab, Lda
- ENLIGHTNMENT, Lda
- iCognitus4ALL – IT Solutions, Lda
- iSurgical3D, Lda
- TMG - Tecidos Plastificados e Outros Revestimentos Para a Indústria Automóvel, S.A.
- José de Mello Saúde, S.A.
- Stemmatters – Biotecnologia e Medicina Regenerativa, S.A.
- BIAL Portela & Cª, S.A.  

Estando enquadrado no Programa de Doutoramento em Ciências da Saúde, o PhDiHES confere o grau de doutor em ciências da saúde, sendo que a plano de estudos tem algumas especificidades: requer que as unidades curriculares decorram todas no primeiro ano, que se efetue um estágio laboratorial em ambiente empresarial e que o projeto de tese seja desenvolvido em articulação com uma empresa.

O Doutoramento em Ciências da Saúde é parte da Rede Europeia de Escolas de Neurociências (Network of European Neuroscience Schools, NENS).
Há duas formas distintas de acesso ao doutoramento em Ciências da Saúde.

Candidatura espontânea

Em qualquer altura do ano.

1º passo: contactar o secretariado do programa (phdcs@med.uminho.pt), manifestando o seu interesse, enviando o curriculum vitae; será agendada uma entrevista com o diretor do programa;

2º passo: entrevista. Nesta discute-se a existência de um projeto de doutoramento ou o modo como deve ser elaborado, os orientadores e a metodologia para a apresentação formal de um projeto de tese de doutoramento junto de um júri que inclui membros da comissão de curso do programa.

3º passo: por sugestão da comissão de curso o projeto de tese é submetido para aprovação pelo Conselho Científico.

 
Candidatura no âmbito de edital

Estas candidaturas processam-se sempre que esteja associadas bolsas especificamente atribuídas à Escola de Medicina para o efeito. Nestes casos a candidatura processa-se mediante candidatura formalizada de acordo com edital que é aberto especificamente para o efeito e que é disponibilizado na página da Escola de Medicina.

 
CANDIDATURAS ANO LETIVO 2018/2019
     
Período de candidaturas   Período de inscrições
Aberto em permanência, ao longo do ano letivo   De acordo com Artigo 132.º do Regulamento Académico
     
Mais informações: phdcs@med.uminho.pt
 
2018/2019

Geral


Grau Académico:
  • Doutor
ECTS:
240
Duração:
4 anos letivos
Regime:
Diurno
Local:
Campus de Gualtar, Braga
Área científica predominante:
  • Ciências da Saúde

Contactos


    Escola de Medicina
    Campus de Gualtar
    4710 - 057 Braga

    Tel: 253604832 Fax: 253604847
    E-Mail: nac@med.uminho.pt
    URL: https://www.med.uminho.pt

Descrição


O PhD em Ciências da Saúde (PhDCS) pretende formar doutores em ciências da saúde, capazes de desenvolver investigação biomédica de forma autónoma, tanto em ambiente académico como em ambiente empresarial e em instituições prestadoras de cuidados de saúde. É direcionado a mestres nas várias áreas das ciências, biomedicina, bioengenharia e tecnologias da saúde.

O PhDCS é um programa de espetro alargado, caracterizado por flexibilidade curricular que permite capitalizar a formação anterior dos estudantes e os percursos diversificados de especialização na área biomédica em que pretendam enveredar. Os projetos de investigação desenvolvem-se com incidência particular, mas não restrita, nas áreas dos domínios de investigação do Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde: Ciências Cirúrgicas, Neurociências e Microbiologia e Infeção.

O PhDCS oferece dois planos de estudos, um de três (180 ECTS) e outro de quatro (240 ECTS) anos. Os dois planos de estudos incluem uma unidade curricular comum, que corresponde à elaboração do projeto de tese (15 ECTS) e que tem lugar no 1º ano. No caso do plano de estudos de 180 ECTS, os restantes ECTS (165) são totalmente dedicados à realização do projeto de tese (165 ECTS). No plano de estudos de 240 ECTS, os restantes 225 ECTS são dedicados a unidades curriculares opcionais que podem ser selecionados de uma vasta gama de oferta formativa no total de 45 ECTS e à tese (180 ECTS), a desenvolver durante os 4 anos de plano de estudos.

O PhDCS tem neste momento dois percursos formativos com financiamento específico de bolsas da Fundação para a Ciência e Tecnologia:
- PhD em Ciências da Saúde Aplicadas (PhDiHES) (240 ECTS), em parceria com as empresas EUROTRIALS, BNML, ENLIGHTNMENT, iCognitus4ALL, iSurgical3D, TMG, José de Mello Saúde, Stemmatters e BIAL (para mais informações consultar https://www.med.uminho.pt).
- PhD em Terapias Avançadas para a Saúde (PhDPATH) (240 ECTS) (para mais informações consultar http://path.3bs.uminho.pt/).

Resultados de aprendizagem


Os detentores do grau de doutor em ciências da saúde deverão ser capazes de: 
1. Projetar, adaptar e realizar investigação científica, ao nível do doutoramento, respeitando as exigências impostas pelos padrões de qualidade e integridade académicas;
2. Analisar criticamente, avaliar e sintetizar ideias novas e complexas;
3. Comunicar com os seus pares, a restante comunidade académica e científica e a sociedade em geral sobre matérias em que são especializados;
4. Publicar os resultados da investigação em revistas internacionais com validação por pares;
5. Apresentar os resultados da investigação em congressos e reuniões científicas da especialidade;
6. Contribuir para a elaboração de projetos novos decorrentes da sua investigação e/ou das suas competências científicas;
7. Promover, em contexto académico e/ou profissional, o progresso tecnológico, social e cultural;
8. Demonstrar conhecimento profundo e crítico do tema do seu trabalho de tese e da forma como este se enquadra no conhecimento cientifico em geral assim como na sociedade.

Acesso a estudos superiores


A conclusão deste curso de doutoramento permite a realização de atividade de investigação a nível de pós-doutoramento.

Saídas profissionais


Instituições de ensino superior.
Indústria: nas áreas da prestação de cuidados de saúde, biotecnologia e farmacêutica.
Unidades prestadoras de cuidados de saúde.

Acesso


12

Vagas

0

Mínimo

Formas de acesso


Há duas formas distintas de acesso ao doutoramento em Ciências da Saúde.

Candidatura espontânea

Em qualquer altura do ano.

1º passo: contactar o secretariado do curso (phdcs@med.uminho.pt), manifestando o seu interesse, enviando os seguintes documentos: (i) curriculum vitae; (ii) duas cartas de referência; e (iii) uma carta de motivação na qual deve constar as diretrizes do tema em que gostaria de ver inserido a sua tese de doutoramento. Será agendada uma entrevista com membros da comissão de curso; 

2º passo: entrevista. Nesta discute-se a existência de um projeto de doutoramento ou o modo como deve ser elaborado, os orientadores e a metodologia para a apresentação formal de um projeto de tese de doutoramento junto de um júri que inclui membros da comissão de curso do programa;

3º passo: por sugestão da comissão de curso o projeto de tese é submetido para aprovação pelo Conselho Científico.  

 

Candidatura no âmbito de edital

Estas candidaturas processam-se sempre que esteja associadas bolsas especificamente atribuídas à Escola de Medicina para o efeito. Nestes casos a candidatura processa-se mediante candidatura formalizada de acordo com edital que é aberto especificamente para o efeito e que é disponibilizado na página da Escola de Medicina.

Pré-requisitos formais


Podem candidatar-se ao PhD em Ciências da Saúde os titulares do grau de mestre, ou equivalente legal numa área das ciências, biomedicina, bioengenharia, tecnologias da saúde e afins.

Podem candidatar-se ao percurso específico em Ciências da Saúde Aplicadas (PhDiHES) ou a outras bolsas especificamente atribuídas a este programa de doutoramento, os candidatos que obedeçam aos requisitos estabelecidos em edital próprio aberto anualmente e que é disponibilizado na página da Escola de Medicina (https://www.med.uminho.pt).

Prazos de candidatura


Informações sobre Prazos de Candidatura podem ser consultadas em:
www.med.uminho.pt/pt/pos-graduacao/paginas/phd-ciencias-da-saude.aspx

Prazos de inscrição


Informações sobre Prazos de Inscrições podem ser consultadas em:
www.med.uminho.pt/pt/pos-graduacao/paginas/phd-ciencias-da-saude.aspx

Informação Adiccional


Plano de Estudos


Regime Unidade Curricular Área Cient. ECTS
Ano 1 15
S1 Elaboração e Apresentação do Plano de Tese CSD 15
Ano 1 2 3 165
TA Tese CSD 165

Avaliação/Acreditação


Estado de acreditação pela A3ES:
Acreditado
Data de publicação da decisão:
26-11-2014
Número de Registo:
R/A-Ef 2390/2011
Data de Registo:
18-03-2011
Validade:
25-11-2020